| conversas a metro |

primeiro o desdém, seguido da altivez e depois o trejeito snob com o ligeiro desviar do rosto, num gesto de “nojo” – é assim que algumas pessoas circulam no metro.

olham-nos do alto da sua importância, com os óculos de sol como uma máscara, típica de alguma espécie de vilão.

fazem uma espécie de movimento altivo, quase em câmara lenta, quase como quem diz “não estás a ver que cheguei?!”

olham-nos de soslaio, mantendo sempre a inclinação do nariz num ângulo obtuso. parece que toda a gente lhes deve e ninguém lhes paga.

e isto, às nove da manhã, é coisa para nos remexer um pouco com as entranhas e atirar com um grunhido à moda dos adolescentes: “que foi??? nunca viste?!!!”

 

[ok, eu tinha a carteira em cima do assento do lado e retirei logo mal senti o aproximar desta gente; mas havia muitos lugares vagos…]

Anúncios
| conversas a metro |

2 pensamentos sobre “| conversas a metro |

  1. eu não ando de metro, não há aqui, também não era necessário (cidade de província do litoral centro), mas, esse olhar de altivez
    ( que não é o da canção do rio veloso), tenho-o aqui no passeio, na fila do cinema, do supermercado, da mesa do café….

    Gostar

Para bater à porta...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s