|a cozinha como terapia|

 

 

 

Desde cedo aprendi com a minha mãe a utilizar os tachos e as panelas como terapia.

sozinha na cozinha gosto de inventar, de conversar comigo própria, de me questionar sobre os sabores e os aromas que se podem conjugar num prato… num prato que eles gostem, que se deliciem a cada garfada ou colherada.

gosto de cozinhar para os outros, gosto de apreciar a expressão de cada um enquanto prova, gosto de saber se alcancei as minhas metas e se consegui deixar alguém deliciado.

uma vez mais, gosto de saber se os outros gostaram. e disto se faz a minha felicidade.

a minha terapia é um pouco isto: encontrar uma forma de ser feliz fazendo os outros felizes. e a melhor forma de o conseguir é entre tachos e panelas, formas e tabuleiros.

 

20140609-134527-49527249.jpg

20140609-134528-49528126.jpg

20140609-134529-49529999.jpg

Tosco, muito tosco mas dizem que estava muito bom.

Uma espécie de bolo de iogurte, mas com iogurte de mirtilos, groselha e sumo de frutos vermelhos. Recheio e cobertura de mascarpone com iogurte grego sem açúcar e umas quantas framboesas que havia lá por casa.

Advertisements
|a cozinha como terapia|

Um pensamento sobre “|a cozinha como terapia|

Para bater à porta...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s