[Remexer no passado]

Gostava de guardar as minhas memórias em pequenas caixa, em pequenos guarda-joias…

Basicamente, com o tempo, fico com a sensação que é mesmo isso que são as minhas memórias – pequenas jóias que apenas têm valor para mim.

Ou porque as usei numa determinada ocasião ou porque me foram oferecidas por alguém que me foi ou é especial.

Hoje espreitei uma dessas caixas… Não a abri totalmente pois tive medo de perder o seu conteúdo… tive medo que, à luz dos dias de hoje, perdesse a importância, perdesse o sabor de outros tempos… também porque tive medo de trazer o passado para um presente onde já não há lugar nem espaço para essa peça da mais fina joalharia…

Fico-me pelos sons que despertam outros sentidos e ajudam a prevenir o “Alzheimer”…

[Remexer no passado]

Para bater à porta...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s